Sozinha por Praga – vol. 4: Cidade Baixa

Sozinha pelo mundo hoje apresenta, senhoras e senhores, a encantadora Malá Strana, a cidade Baixa de Praga. Do outro lado da Ponte Carlos e no pé do Castelo de Praga, a cidade baixa tem muitos atrativos. Vamos la!

 

Cidade Baixa (Malá Strana)

 

A praça da Malá Strana é uma gracinha, cheia de lojinhas, pontos de tram para todo canto, e até um Starbucks para aquele wi-fi gratuito.

 

Igreja de Saint Nicholas (Kostel sv Mikuláse)

A Igreja de St. Nicolas é fácil de achar por sua cúpula verde. Em estilo barroco, em seu teto há uma pintura que retrata a apoteose de São Nicolas. Esta pintura é considerada o maior afresco da Europa. Paga para conhecer (70 cz). Site.

IMG_1861

 

Colina Petřín

Uma colina toda gramadinha, com vários locais para piqueniques, muito popular entre os locais. É o ponto mais alto da região central de Praga. Você pode subir à pé e fazer uma caminhada pelos lindos jardins, ou pegar o funicular e descer na segunda e última parada (estava em obras quando fui).

A torre de observação fica no topo da colina e oferece visão de toda Praga. Eu fiquei pão-dura e não quis pagar para subir, e como sempre, me arrependi depois.

IMG_1868

Lá também tem um prédio de inspiração budista, com vários espelhos que distorcem a imagem, o Mirror Maze (Bludiště). Não me interessei em entrar, mas pode ser uma boa pedida para viagem com crianças.

 

Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa (Kostel Panny Marie Vítězné)

Nessa igreja está a famosa imagem do Menino Jesus de Praga. Entrando na nave central da igreja, fica num altar lateral à direita.

A igreja fica na rua Karmelitská 9. Entrada gratúita. Mais informações aqui.

 

John Lennon Wall

Esse é um muro todo rabiscado de grafitis inspirados em John Lennon e letras de músicas dos Beatles desde a década de 80. Mas porque John Lennon?

Retirei a explicação do nosso dicionário moderno, a Wikipedia:

In 1988, the wall was a source of irritation for the communist regime of Gustáv Husák. Young Czechs would write grievances on the wall and in a report of the time this led to a clash between hundreds of students and security police on the nearby Charles Bridge. The movement these students followed was described ironically as “Lennonism” and Czech authorities described these people variously as alcoholics, mentally deranged, sociopathic, and agents of Western capitalism.

Na minha tradução livre: Em 1988, o muro foi fonte de irritação para o regime comunista de Gustáv Husák. Jovens tchecos escreviam queixas no muro, que com o tempo, levou a um confronto entre centenas de estudantes e a policia próximo à Ponte Carlos. O movimento desses estudantes foi chamado ironicamente de “Lennonismo” e as autoridades Tchecas descreviam essas pessoas como alcoólatras, mentalmente peturbadas, sociopatas e agentes do capitalismo ocidental.

Atualmente, tem sempre algum artista de rua cantando música dos Beatles.

IMG_1576

 

Museu Kafka

O Museu Kafka, que fica próximo a margem do rio Vltava, exibe vasto acervo sobre a vida e a obra de Franz Kafka.  O museu está dividido em duas seções: O Espaço Existencial, sobre a influência de Praga na obra do escritor, e a Topografia Imaginária, com animações 3D e áudio visuais para criar a Praga imaginária de Kafka.

Mas se você como eu, não quer saber tanto sobre Kafka, vale a pena ir conhecer a parte externa do museu, que é gratuita. Na entrada tem um monumento do artista David Černý  no mínimo engraçado, são duas estátuas de dois homens que urinam no mapa da República Tcheca, e se você mandar uma mensagem de texto para número indicado lá, eles vão soletrar (com o xixi) a mensagem que você enviou.

IMG_1674

 

Jardim e Museu Kampa

Também próximo a margem do rio Vltava está o Museu Kampa, mas o que mais me agradou foi o jardim ao lado do museu. Aos fins de semana fica cheio de famílias fazendo piquenique ou apenas curtindo um sol.

Nesse jardim também tem outras estátuas de David Černý , dessa vez são 3 bebês sem rosto. O difícil é tirar foto dos bebês-estátua sem bebês de verdade em cima deles.

Você pode encontrar mais 9 desses bebês escalando a torre de TV Zizkov, um remanescente do socialismo.

IMG_1871

Pertinho do Museu e aos pés da colina Petrin, têm uma sorveteria muito concorrida, a Angelato. Fica fácil localizar pelas longas filas na porta. Tem 2 outras Angelatos em Praga.

 

Passeio de barco

Em Malá Strana saem os passeios de barco pelo rio Vltava. Eu amo um passeio de barco, então acho imprescindível em todas as minhas viagens. Esse passeio não decepcionou, muitas histórias e uma vista linda. Recomendo fortemente. Veja se seu hotel tem desconto para passeio com alguma empresa.

 

 Dei muita sorte que no dia que fui à Malá Strana estava tendo um festival de Vinhos. Tinha música ao vivo e muita comida e bebida. Uma grata surpresa.

 

 

Por hoje é só pessoal!

Dúvidas ou sugestões? Escreve pra mim nos comentários!

Sábado que vem, Vysehrad (onde Praga nasceu) e um pouquinho de Novè Mesto. Para não perder, é só seguir o blog.

 

Perdeu os volumes anteriores? Olha os links ai embaixo:

Sozinha por Praga – volume 1

Sozinha por Praga – vol. 2: Cidade Velha

Sozinha por Praga – Vol. 3: Distrito do Castelo e Castelo de Praga

 

Anúncios

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s