Com que mala eu vou?

Nada mais gostoso que planejar a próxima viagem, mas quando ela se aproxima (no meu caso, um dia antes) vem a dúvida: que mala eu levo? Grande, pequena, mochila, rodinhas?

Vou contar aqui as minhas preferências, o que funciona bem para mim.

 

Mala de rodinhas ou mochila?

Se vou para lugar urbano para ficar de 7-10 dias, levo apenas uma mala de rodinhas tamanho de bordo. (20x45x55cm)

Para viagens maiores, até 30 dias ou mais, se for usar transporte público e ficar em albergue, opto por uma mala de rodinhas média. A minha tem 27X41X59cm. (A foto com as medidas está tosca, não reparem, rs).

IMG_1066

IMG_1065
A que eu considero média (roxa) é um pouco maior que a de bordo (azul)

Opto por esse tamanho de mala por que em albergues não dispomos de muito espaço (mala grande demais atrapalha o fluxo no quarto, e em albergue tento ao máximo não incomodar os colegas de quarto). Além disso, é um transtorno puxar uma mala muito grande pelas cidades, na Europa por exemplo, muitas estações de metrô não possuem elevador e você terá que puxar a mala escada a cima sozinha, por que ninguém ajuda não (pelo menos não me ofereceram ajuda, e se oferecessem eu ia ficar com medo de aceitar, rs).

Mas uma mala desse tamanho cabe roupa para 30 dias? Não! Na verdade, eu organizo de forma a otimizar as combinações de looks, com peças coringas, além disso em todo hotel/hostel tem máquina de lavar. Então se eu fico mais de 20 dias, me programo para lavar roupas durante a viagem.

Agora, se a viagem não é para ambiente urbano, levo mochila, aqueles mochilões de camping. Tem lugar que é inviável puxar malas de rodinhas. Para Ilha Grande (Angra dos Reis, RJ)  por exemplo, que por ser uma ilha você tem que pegar um barco e depois caminhar em estrada de chão até o local da hospedagem, a mala de rodinha agarra na terra, é uma droga.

E o mochilão?

Mas na minha opinião, a mochila de camping só se adequa a viagens em que o terreno dificulta o uso de mala de rodinhas (ilhas, trilhas, caminho de Santiago, etc). Para o famoso “mochilão” pela Europa ou por qualquer outro lugar, sempre prefiro mala de rodinhas. Por que? Porque carregar mochila pesada nas costas dói demais as costas, é um pesadelo!

E se a viagem for de compras, geralmente levo uma mala dentro da outra, e no destino vou enchendo com as compras, rs.

img_0460.jpg
Como voltei da Califórnia. Fui com as 2 menores, mas acabei comprado a grandona cafona.

 

O que considero muito importante na hora de escolher que mala comprar é:

  • Ela deve ser o mais leve possível, afinal o peso que queremos carregar é do que está dentro da mala e não da mala em sí;
  • A outra coisa é ter 4 rodinhas (2 na frente e 2 atrás) que são chamadas spinner, que giram 360 graus. Como dá pra empurrar essas malas com ela em pé, ela fica então mais leve;
  • Compro malas boas, mas não as melhores ou mais caras. As malas grandes que sempre serão despachadas, são jogadas de qualquer jeito no seu trajeto até o porão do avião, e não raro quando você pega na esteira de bagagem ela está danificada ou suja. Para mala de bordo eu compro de melhor qualidade e mais cara, mas essa eu não despacho, então está sempre em boas condições;
  • E se estiver indo aos EUA, deixe para comprar lá em lojas como a Ross, Marshalls, TJ. Maxx, que tem preços imbatíveis.

 

Essas são minhas dicas sobre malas.

Como você faz nas suas viagens? Que mala você prefere? Me conta.

 

rodoviarias-porto-alegre-onibus-passagem-online-dicas-arrumar-malas

 

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s